domingo, 31 de janeiro de 2010

Vença o Gênio!

Galera, venho aqui depois desses dias de pausa pra postar um desafio para vocês... VENCER O GÊNIO DA LÂMPADA!

Sim, existe um site que descobri agora pouco no qual, você pensa em alguém (pode ser qualquer coisa, atores, cantores, celebridades, personagens de desenhos, personagens de séries... etc.) e vai respondendo perguntas de sim ou não e no final, ele te diz em quem você pensou...

... O que me impressionou não foi a "mágica" de acertar, e sim o banco de dados gigantesco do site, ele acertou TUDO que eu pensei, segue algumas coisas que eu pensei:

  • Eu
  • Meu Cachorro
  • Coca-Cola
  • Kakashi ( naruto )
  • Dug (cachorro do filme UP!)
  • Benito di Paula (sugestão do meu pai)
  • Presidente Castelo Branco (outra sugestão do coroa)
  • Papai Smurf (fundo do baú)
  • Doug Funnie
  • A cantora de saia rodada (que não sei nem o nome, fiquei sabendo pelo site)
  • Geysi da UNIBAN
  • Pakkun (cachorro do Kakashi)
  • Hebe Camargo
  • Leitão (do ursinho Pooh)
  • Preta Gil
  • Elvis Presley
  • Ligador da Oi (esse foi o mais foda, ele acertou!)
  • E muitas outras tentativas
Tente você também, o nome do site é Akinator segue link
http://pt.akinator.com/

sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

Engenharia de Petróleo e Gás

É o conjunto de técnicas usadas para a descoberta de jazidas e para a exploração, produção e comercialização de petróleo e gás natural. O engenheiro de petróleo e gás atua em petroleiros, refinarias, plataformas marítimas e em petroquímicas. Com seus conhecimentos em engenharia, geofísica, mineração e geologia, ele trabalha na descoberta de jazidas de petróleo e de gás natural. É de sua responsabilidade desenvolver projetos que visem à exploração e à produção desses bens sem prejuízos ao meio ambiente nem desperdício de material. Além disso, cuida do transporte do petróleo e seus derivados, desde o local da exploração até a chegada na refinaria.

Também pode atuar em consultorias ambientais e no setor de exportação e importação, fazendo pesquisas de preços de matérias-primas ou captando compradores. É preciso conhecer a legislação internacional que regula as atividades ligadas ao petróleo e seus derivados e, como a maior parte das empresas do setor é estrangeira, é necessário ter fluência em inglês.

O mercado de trabalho

O setor petrolífero recebeu com otimismo o anúncio feito pelo governo federal em 2008 da existência de uma camada de pré-sal, de mais de800 quilômetros de extensão entre o Espírito Santo e Santa Catarina, para exploração do petróleo a 7 mil metros de profundidade. Embora ainda não se tenha data para o início da exploração, a descoberta certamente vai criar muitas oportunidades para o engenheiro de petróleo. Nos últimos anos, tem-se mantido alta a procura por esse profissional em toda a cadeia produtiva do petróleo e gás (exploração, extração, técnicas de perfuração, transporte). A gigante Exxon, multinacional com concessão para a exploração do petróleo em território nacional, é um dos principais empregadores, juntamente com a Petrobras. A estatal brasileira realizou, em 2008, dois concursos para contratação do profissional. Como as principais reservas petrolíferas situam-se nas bacias de Campos (RJ) e de Santos (SP), as melhores oportunidades concentram-se nesses dois estados. Empresas prestadoras de serviços ou que fabricam equipamentos para o setor, como a Halliburton, Odebrecht, Cameron e a Schlumberger, também contratam esse especialista.

O curso

O setor petrolífero recebeu com otimismo o anúncio feito pelo governo federal em 2008 da existência de uma camada de pré-sal, de mais de 800 quilômetros de extensão entre o Espírito Santo e Santa Catarina, para exploração do petróleo a 7 mil metros de profundidade. Embora ainda não se tenha data para o início da exploração, a descoberta certamente vai criar muitas oportunidades para o engenheiro de petróleo. Nos últimos anos, tem-se mantido alta a procura por esse profissional em toda a cadeia produtiva do petróleo e gás (exploração, extração, técnicas de perfuração, transporte). A gigante Exxon, multinacional com concessão para a exploração do petróleo em território nacional, é um dos principais empregadores, juntamente com a Petrobras. A estatal brasileira realizou, em 2008, dois concursos para contratação do profissional. Como as principais reservas petrolíferas situam-se nas bacias de Campos (RJ) e de Santos (SP), as melhores oportunidades concentram-se nesses dois estados. Empresas prestadoras de serviços ou que fabricam equipamentos para o setor, como a Halliburton, Odebrecht, Cameron e a Schlumberger, também contratam esse especialista.


O que você pode fazer
 
  • Comercialização Atuar na venda do petróleo aos compradores nacionais e internacionais e fazer pesquisa de preços de matérias-primas.  
  • Consultoria Prestar serviços para empresas do setor para avaliar os riscos ambientais na exploração, produção e distribuição do produto.  
  • Desenvolvimento de equipamentos Projetar e acompanhar a produção de novos equipamentos utilizados nas plataformas marítimas, nas petroquímicas e em refinarias. Pode atuar também na venda desses equipamentos.  
  • Exploração do petróleo e derivados Decidir como será feita a perfuração dos locais para que o material seja retirado sem prejuízos ambientais nem financeiros.  
  • Procura de reservatórios Traçar planos para a descoberta de jazidas de petróleo ou de gás natural, levando em consideração cálculos e características físicas de determinados espaços. Analisar a capacidade de produção dos novos reservatórios.  Transporte e distribuição Desenvolver e implantar projetos para o transporte de petróleo e derivados e gás natural desde os locais de exploração até a chegada nas refinarias e petroquímicas. Cuidar da distribuição do produto final até os postos e as indústrias.

quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Engenharia de Minas


Galera, começo este tópico falando diretamente sobre o que é engenharia de minas... Você gosta de explosões? Aquela fodásticas? Então você vai adorar ser engenheiro de minas. O mercao no brasil é dominado pela gigante Vale (Antiga estatal vale do rio doce). O mercado é muito promissor nos tempos de construção e industrialização interna a mil por hora.

Após ver o vídeo, fiquem com a descrição do guia do estudante sobre essa engenharia.



ENGENHARIA DE MINAS

É a engenharia que se ocupa da pesquisa, da prospecção, da extração e do aproveitamento de recursos minerais. O engenheiro de minas localiza jazidas e analisa o tamanho das reservas e a qualidade do minério no local. Estuda a viabilidade técnica e econômica da exploração do depósito mineral. Caso seja viável, elabora e executa o projeto de extração, escolhendo os equipamentos adequados e determinando os recursos humanos e materiais necessários ao trabalho. Cuida ainda do beneficiamento do minério bruto. Em geral, atua em companhias mineradoras, mas pode trabalhar também em pedreiras, construtoras de estradas e empresas de demolição. Lida com tecnologias de última geração e com reciclagem de produtos industriais ou com a prospecção de jazidas. A legislação ambiental exige que esse profissional tenha como objetivo minimizar o impacto da extração sobre o meio ambiente.

O mercado de trabalho

As exportações de minérios de ferro no Brasil registraram crescimento mensal em2009, especialmente graças às compras da China, o que contribuiu para manter o mercado aquecido durante o ano passado. Empresas de todos os portes contratam o profissional para atuação no Brasil e no exterior. Há empregos nas diversas regiões do país, mas os principais empregadores concentram-se nos estados de Minas Gerais, São Paulo, do Pará, de Goiás, do Tocantins e da Bahia. Companhias de extração de petróleo abrem vagas para especialistas em engenharia de petróleo, especialmente na Bacia de Santos. A área de minerais industriais, como calcário (matéria-prima do cimento), brita, areia e argila, costuma oferecer boas oportunidades em razão do bom momento vivido pela construção civil. A valorização do ouro aqueceu a exploração industrial do minério. Órgãos públicos, como o Ministério de Minas e Energia, o Departamento Nacional de Produção Mineral e o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), também contratam esse engenheiro para os setores de consultoria e fiscalização. A área ambiental é um filão que promete crescer. Nele, o profissional atua como consultor, desenvolve métodos de reciclagem de minerais e cuida da recuperação de áreas degradadas.

O curso

Nos primeiros anos, o aluno cursa as disciplinas básicas de engenharia. Nos anos finais, aprofunda-se o estudo das rochas e seu beneficiamento, com disciplinas de física, química, mineralogia, topografia, geologia e reciclagem de rejeitos e resíduos. Também são realizadas visitas a empresas de mineração. Durante todo o curso, é intensa a atividade em laboratórios de ensaios e em projetos de engenharia. O estágio supervisionado é obrigatório, e algumas escolas pedem, ainda, um trabalho de conclusão.

O que você pode fazer

  • Beneficiamento e processamento Definir os processos físicoquímicos adequados à separação das substâncias que compõem o minério. Na indústria, acompanhar o processo de tratamento de minerais. Pesquisar e desenvolver métodos de reciclagem de minérios e técnicas que diminuam o impacto da atividade extrativa sobre o ambiente.  
  • Lavra Planejar e supervisionar a exploração de minas subterrâneas ou a céu aberto. Definir os métodos de remoção, transporte e estocagem do material extraído.  
  • Mecânica da rocha Estudar o comportamento mecânico das rochas e sua influência na definição da estrutura de obras como galerias e túneis.   
  • Prospecção Trabalhar em atividades de localização de depósitos minerais com o uso, inclusive, de imagens colhidas por satélites.


Bom, por hoje é só isso. Estou postando mais intermitentemente porque tou gripado, e tou passando o dia assistindo DVD. Quando melhorar volto com tudo!






segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

Piadas Nerds e Engenheiros

O que 6 carbonos de mãos dadas estão fazendo com 6 hidrogênios na igreja?
- BENZENO!!!…

Existem somente 10 tipos de pessoas no mundo inteiro:
Aquelas que entendem essa frase e aquelas que não entendem.…

O que é pior que cair um raio na sua cabeça?
- cair um diâmetro…

Por que o urso branco se dissolveu quando caiu na água??
- Porque ele era polar!…


Porque o queijo e a manteiga são derivadas do leite?
- Porque o leite é integral! (riam após pagar cálculo 1)


Como se desmaia um vetor?
- Apaga a pontinha que ele perde o sentido.





O que a mulher do Einstein falou pra ele quando ela o viu pelado pela primeira vez??
 - Nossa!!! Que físico!!

Sabe qual a diferença entre um ventilador quebrado e uma pessoa cansada?
- 30!!! Porque o ventilador quebrado NO VENTA, já se você esta cansado Se Senta!!!

Qual é a resposta para a vida, o Universo e tudo mais ?
- 42 (não é uma piada é uma filosofia!)(procura no google "the answer to life the universe and everything")


 

Você é um engenheiro se....

Você sabe calculo vetorial, mas não lembra como fazer uma divisão com virgula.
Você tem uma calculadora cientifica e conhece TODAS as suas funções.
Você já usou o AutoCAD para projetar uma pipa para o seu filho.
Você passa horas realizando o relatório de um experimento que durou alguns minutos.
Você tem um bichinho de estimação com o nome de um grande cientista.
Você ri de piadas sobre matemáticos.
Você considera qualquer curso não-científico "fácil".
Você não entende como algumas pessoas podem achar difícil programar um DVD.
Você assistiu "Apollo 13" e achou que os verdadeiros heróis foram os caras no "Controle da Missão".
Você assume que um "cavalo" é equivalente a uma "esfera" para facilitar os cálculos.
Uma criança de quatro anos lhe pergunta por que o céu e azul e você tenta explicar toda a teoria da absorção atmosférica.
Você vai a uma loja de informática e os vendedores não conseguem responder suas perguntas.
O que você mais gosta no Natal é montar os brinquedos das crianças.
Você já tentou consertar alguma coisa usando elásticos, clipes de papel e fita adesiva.
Seu PC vale mais do que um carro.
Você pode lembrar de 7 senhas de computador, mas não da data do aniversario da sua mãe.
Você sabe qual será o sentido de rotação da água quando puxar a descarga.
Você esta sendo processado pela Sociedade Protetora dos Animais por realmente ter realizado o experimento do Gato de Schrodinger.
Você SABE o que é o experimento do Gato de Schrodinger.
Você consegue digitar 70 palavras por minuto, mas não entende sua própria caligrafia.
Você já abriu alguma coisa "só para ver como é por dentro".
Você guarda peças de eletrodomésticos estragados.
Você assiste filmes de ficção cientifica e fica procurando cenas que estão cientificamente incorretas.
Você tem o habito de estragar coisas tentando descobrir como elas funcionam.

quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

Engenharia Química


Ahh! A engenharia química, a mais amada pelas mulheres (9 entre 10 mulheres que fazem engenharia - ciclo básico ou ciência e tecnologia, irão escolher engenharia química). Uma ciência misteriosa, com todos aqueles compostos e misturas, e todas aquelas coisas perigosas que podem explodir a qualquer momento, eu adoro quando podemos explodir algo! MASSSSSSS, nem tudo é o que parece. Eu, apesar de admirar bastante os engenheiros quimicos, odeio quimica, e a engenharia quimica na minha ordem de escolha pessoal só ganha para Eng. cartográfica e Eng. de alimentos.


ENGENHARIA QUÍMICA

É a área da engenharia voltada para o desenvolvimento de processos industriais que empregam transformações físico-químicas. O engenheiro químico cria técnicas de extração de matérias-primas, bem como de sua utilização ou transformação em produtos químicos e petroquímicos, como tintas, plásticos, têxteis, papel e celulose. Desenvolve produtos e equipamentos, além de pesquisar tecnologias mais eficientes. Projeta e dirige a construção e a montagem de fábricas, usinas e estações de tratamento de rejeitos industriais. Pesquisa e implanta processos industriais não poluentes, de acordo a normatização e o desenvolvimento sustentável.

O mercado de trabalho

Embora a crise financeira mundial tenha impactado o mercado em que atua o engenheiro químico, já que dezenas de projetos de novas usinas sucroalcooleiras – empreendimentos que historicamente contratam esse profissional – foram deixados de lado, o cenário não é dos piores. Isso porque esse graduado costuma ser o último elo da cadeia de produção a sentir o impacto de crises, por ser responsável pelo fornecimento de matéria-prima para outras indústrias. Em épocas delicadas, o diferencial para as empresas pode ser justamente a criação de materiais mais leves, mais resistentes ou mais econômicos, e, para isso, é importante ter em seu quadro de funcionários profissionais com essa formação. Nos últimos anos tem havido boa procura pelo engenheiro químico por parte de empresas de engenharia, como a Engevix e a Promon, que, além de se dedicarem à construção civil, investiram mais fortemente na fabricação de equipamentos e maquinário industrial, visando ao abastecimento do mercado interno e internacional. Os setores petroquímicos, de papel e celulose, alimentício e farmacêutico, também mantêm demanda acentuada pelo graduado. As empresas de reciclagem e as indústrias que se preocupam com o reaproveitamento de materiais, por sua vez, oferecem oportunidades a quem atua na área de meio ambiente. Os cuidados com a natureza impulsionam a procura pelo especialista que está envolvido com o tratamento de resíduos das indústrias. Os segmentos de controle de processos, que exigem conhecimento de alta tecnologia, e de processos biotecnológicos em geral valorizam cada vez mais o engenheiro químico. Os pólos industriais do Rio de Janeiro e de São Paulo, incluindo Campinas e região, são os principais empregadores. Tem crescido ainda a demanda na Região Centro-Oeste para o trabalho com processamento de soja.  

O curso

No currículo durante todo o curso. Com os recentes avanços da biotecnologia, os conhecimentos de biologia vêm sendo incorporados ao currículo. A partir do terceiro ano, essas disciplinas passam a ser aplicadas a processos físico-químicos, nos quais o aluno aprende a identificar as reações, a analisar e a purificar compostos químicos ea projetar equipamentos relacionados com as diversas transformações que ocorrem na indústria química. As aulas em laboratório, inclusive no de informática, ocupam parte significativa da carga horária e são fundamentais para o estudante se familiarizar com os equipamentos industriais e se preparar para enfrentar problemas reais de uma fábrica. Algumas escolas oferecem formação específica em certas áreas, como meio ambiente ou celulose e papel.

O que você pode fazer

  • Desenvolvimento: Criar produtos e analisar sua viabilidade técnica e econômica. Aperfeiçoar o processo de fabricação ou beneficiamento de produtos, introduzindo novas tecnologias e adaptando as que estão em operação.  
  • Meio ambiente: Definir normas e métodos de preservação ambiental. Reciclar e tratar resíduos industriais.  
  • Processo industrial: Planejar e supervisionar operações industriais, administrando as equipes e as diversas etapas de produção. Estudar e implantar métodos para aumentar a produtividade, reduzir custos e garantir a segurança no trabalho.   
  • Projetos: Projetar fábricas, determinar processos de produção, instalações e equipamentos, procedimentos de segurança e a logística de estocagem e movimentação de materiais.

por enquanto é só, espero os comentários (agora não precisa ter conta pra comentar) e aguardo vocês no chat (ver post)

quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

Engenharia Civil



Chegamos enfim a Engenharia que todo mundo associa quando ouve a palavra "engenheiro". Sim caros amigos, para o pessoal da inclusão digital, todo engenheiro é civil, e digo mais, é civil que trabalha com construção, para muitos o engenheiro civil é aquele carinha com o capacete branco, com uma roupa mais arrumada para diferenciá-lo dos pedreiros. O que o povão da inclusão não sabe, é que o engenheiro civil pode fazer muito mais além de ficar nas obras "metendo a mão na massa"

Após essa introdução, fiquei com sono. Porisso vou postar aquele velho ctrl+v que tou fazendo com as engenharias.

ENGENHARIA CIVIL


O aquecimento do mercado imobiliário brasileiro nos últimos anos segue influenciando a grande procura por engenheiros civis. "Antes, o mercado estava interessado em profissionais para a compra e verificação de terrenos; agora os engenheiros mais requisitados são os que atuam na área de produção, ou seja, os que ficam nas obras coordenando projetos e equipes de trabalho”, explica o engenheiro Gilson de Oliveira Santos, coordenador de obras da construtora Tecnisa, de São Paulo (SP).Quem faz o curso de Engenharia Civil tem pela frente várias possibilidades de atuação profissional.Além de projetar, gerenciar e executar obras como casas, edifícios, pontes, viadutos, estradas,barragens, canais e portos, o engenheiro civil tem como atribuição a análise das características do solo, o estudo da insolação e da ventilação do local e a definição dos tipos de fundação.

O profissional pode desenvolver projetos, trabalhar no canteiro de obras ou ainda dedicar-se à administração de recursos prediais, gerenciar a infraestrutura e a ocupação de um edifício. Entre os setores apontados por profissionais da área como muito promissores, está o de petróleo e gás. "Essas áreas terão investimentos em obras de grande porte, como gasodutos, refinarias, plataformas, navios e estaleiros", diz Henrique Andion, diretor da construtora OAS. Segundo ele, muitas oportunidades de trabalho nos próximos anos surgirão nos setores de energia e de saneamento básico. Para ter destaque nessa área, entretanto, é preciso boa dose de dedicação. "O setor requer profissionais disponíveis a todo o momento para viagens e muito trabalho", diz Henrique. "Também é preciso ter carisma para trabalhar com pessoas, especialmente operários de obras, ser otimista, perseverante e o principal: saber observar e entendera obra como um todo."

O mercado de trabalho

O mercado da engenharia civil vive um bom momento. "Praticamente todos os alunos formados no último ano aqui na faculdade puderam escolher as empresas onde estão trabalhando",conta Teresinha Bonuccelli, coordenadora do curso de Engenharia Civil da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). Uma das alavancas para a profissão é o Plano de Aceleração do Crescimento (PAC), do governo federal, que abriu milhares de postos de trabalho na construção de estradas, aeroportos, moradias, infraestrutura e planejamento urbano. E a previsão para os próximos anos, apesar da atual crise financeira, é boa: com a Copa do Mundo de2014 se aproximando, a consequência natural é a criação de ainda mais empregos.Além de botar a mão na massa, gerenciando canteiros de obras, o engenheiro civil é solicitado para desenvolver atividades no escritório, fazendo cálculo de estruturas, elaborando orçamentos e planejamentos e desenvolvendo projetos. Órgãos públicos e ONGs que atuam em áreas relacionadas a saneamento básico e à infraestrutura em geral também têm portas abertas. A maioria das vagas está na capital e no interior de São Paulo, além de Rio de Janeiro, Espírito Santo, Pará e Goiás, mas há postos de trabalho em todo o Brasil. "Muitas empresas de construção civil de porte médioa grande com sede em outros estados e filiais em São Paulo têm contratado nossos ex-alunos para trabalhar em outras regiões do país. Há boa procura também por estagiários e trainees",destaca Teresinha.

O Curso

Disciplinas como matemática, física, estatística, desenho e lógica são o forte do currículo. Portanto, prepare-se para exercitar suas habilidades em cálculo e desenho. Há atividades em laboratório e matérias das áreas de administração e economia que ensinam técnicas e métodos de gerenciamento de projetos e equipes. Nos três anos finais, você cursa disciplinas mais ligadas às áreas de especialização escolhidas: estruturas, construção civil, hidráulica e saneamento, transportes ou geotecnia. Para obter o diploma, o estágio é obrigatório. Em algumas escolas também se exige um trabalho de conclusão de curso. Há instituições que oferecem formação direcionada a uma habilitação, como estruturas ou transportes.

O que você pode fazer

  • Construção urbana Projetar, construir e reformar prédios e grandes instalações, como estádios esportivos, shopping centers e aeroportos.  
  • Estruturas e fundações Projetar e edificar fundações e estruturas de madeira, aço ou concreto, que dão apoio às construções, calculando o material necessário e as dimensões da obra.  
  • Gerência de recursos prediais Manter em ordem a infraestrutura de prédios e estabelecer padrões de qualidade, ocupação e uso do espaço.  
  • Hidráulica e recursos hídricos Projetar, gerenciar e executar obras de barragens, canais, reservatórios, sistemas de irrigação, drenagem ou obras costeiras.  
  • Saneamento Fazer o projeto e construir obras de saneamento básico, como redes de captação e distribuição de água e estações de tratamento de água e esgotos.  Transportes Projetar e construir obras de infra-estrutura, como rodovias, ferrovias, viadutos, portos, metrôs e viadutos.

Tira-Dúvidas ONLINE

Galera, hoje tive a brilhante idéia de criar uma sala de bate-papo, na qual, estarei sempre online para tirar dúvidas sobre o curso ou qualquer coisa relacionada a engenharia em geral. então a partir de hoje, um gadget ficara permanente no site para você adicionar o grupo ao seu msn:


For more widgets please visit www.yourminis.com

Quem tiver problemas como quadrinho acima pode adicionar o grupo manualmente no seu msn, basta adicionar um novo contato :

group838536@groupsim.com

aguardo vocês lá!

Engenharia Mecânica


O que realmente a engenharia mecânica significa? Que você vai trabalhar numa auto-peças autorizada? Que você vai mexer com muita graxa e usar macacões? Não não, relaxe! A engenharia mecânica é uma das engenharias que mais tem aplicações e campo de trabalho. você pode por exemplo se especializar em solda, e ganhar bastante dinheiro com isso, pois o mercado é muito amplo e os profissionais são muito escassos, você pode se juntar a um engenheiro eletrônico e trabalhar menos e produzir mais do que um engenheiro mecatrônico, enfim, essa é uma das engenharias que eu tenho mais admiração e pretendo levar isso em consideração quando eu for escolher a minha engenharia.

Agora com vocês aquele velho Ctrl+V como eu fiz com mecatrônica.


ENGENHARIA MECÂNICA

É a área da engenharia que cuida do desenvolvimento, do projeto, da construção e da manutenção de máquinas e equipamentos. O engenheiro mecânico desenvolve e projeta máquinas, equipamentos, veículos, sistemas de aquecimento e de refrigeração e ferramentas específicas da indústria mecânica. Também supervisiona sua produção. Calcula a quantidade necessária de matéria-prima, providencia moldes das peças que serão fabricadas, cria protótipos e testa os produtos obtidos. Organiza sistemas de armazenagem, supervisiona processos e define normas e procedimentos de segurança para a produção. Controla a qualidade, acompanhando e analisando testes de resistência, calibrando e conferindo medidas. Pode dedicar-se às vendas. Costuma trabalhar com engenheiros eletricistas, de materiais, de produção e de automação e controle, na montagem e automação de sistemas, na manutenção de aeronaves e na indústria de eletroeletrônicos.

O mercado de trabalho


A atual crise econômica mundial tem tido reflexos no mercado de trabalho de várias categorias profissionais aqui no Brasil, entre elas a de engenheiros mecânicos. Segundo o professor Marcelo Alves, coordenador do curso de Engenharia Mecânica da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP), o cenário deve se normalizar em breve. "É importante lembrar que quem entra hoje numa escola de engenharia só irá para o mercado dentro de, pelo menos, cinco anos. Nesse período, o cenário econômico será diferente", afirma. "Além disso, sempre há posições para engenheiros com formação mais qualificada", complementa. Um aspecto que pesa a favor dos engenheiros mecânicos é seu vasto campo de atuação. "Esse engenheiro pode trabalhar na área de projeto, bem como nos setores de produção, manutenção e gestão de praticamente todos os ramos da indústria, como o automotivo, que é forte em São Paulo, de máquinas e equipamentos, crescente no Rio Grande do Sul, e petróleo e gás, promissor no Nordeste", afirma. Também há postos de trabalho em empresas dos setores sucroalcooleiro, alimentício, siderúrgico, aeronáutico e químico. As melhores possibilidades de trabalho para esse graduado estão nos centros mais industrializados do país, como a região do Grande ABC, em São Paulo, Porto Alegre (RS), Camaçari (BA), que tem uma unidade da Ford, Campinas e São José dos Campos, ambas no interior paulista.MBA, cursos de educação continuada, pós graduação e até doutorado colaboram para as boas conquistas profissionais, principalmente para aqueles especialistas que pretendem atuar na área de desenvolvimento tecnológico.

O curso

Além das disciplinas básicas de engenharia, entre elas física e matemática, o aluno assiste a aulas de termodinâmica, mecânica dos fluidos, transmissão de calor, resistência de materiais, processos de transformação, vibrações e sistemas mecânicos. Há muita atividade em laboratório, como desenvolvimento de ensaios e de protótipos e estudo de combustíveis alternativos e de tecnologia de ponta. Prepare-se para desenvolver sua habilidade em desenho, indispensável para o projeto de máquinas. Muitas escolas direcionam a formação para uma especialidade, como aeronaves e armamentos.

O que você pode fazer

  • Máquinas e equipamentos Projetar e coordenar a fabricação de moldes para ferramentas, máquinas e dispositivos para testes de resistência mecânica. 
  • Pesquisa e desenvolvimento Fazer protótipos de máquinas e realizar testes de produtos, para determinar modificações necessárias.
  • Processos Pesquisar e desenvolver produtos e gerenciar as diversas etapas de sua fabricação.
  • Projeto Planejar e instalar linhas de produção e fazer adaptações nas já existentes.  
  • Vendas técnicasAcompanhar a comercialização da produção e dar suporte técnico aos clientes.

     

 Bom, espero ter ajudado, mais tarde volto com mais posts!

terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Engenharia Mecatrônica


Olá a todos e todas, estou aqui para começar a falar mais sobre cada engenharia. Como não estou muito afim de escrever, aqui vai um Ctrl V federal de um resumo geral e muito bem explicado de outro site que encontrei.

ENGENHARIA MECATRÔNICA

É o ramo da engenharia que desenvolve e executa projetos de automação industrial. O engenheiro mecatrônico projeta e opera equipamentos utilizados nos processos automatizados de indústrias em geral, além de fazer sua manutenção. Ocupa-se do gerenciamento de projetos de automação industrial e comercial. É o responsável pela programação das máquinas e pela adaptação de softwares aos processos industriais. Em empresas que já estão automatizadas, redimensiona, opera e mantém os sistemas e equipamentos já instalados.


O mercado de trabalho
O profissional encontra ofertas de trabalho em indústrias de diversos setores, como automobilístico, químico e petroquímico, de alimentos e embalagens e de tecnologia da informação (TI). Com uma visão sistêmica, o engenheiro entende o processo, o controle, o TI de uma empresa e faz tudo isso funcionar de forma integrada. No eixo Rio-São Paulo, é contratado por grandes empresas para desenvolver e implantar projetos de automação e robotização. Também existem vagas em boa parte das empresas que migraram para cidades do interior do Paraná, da Bahia, de Minas Gerais, do Rio de Janeiro, do Rio Grande do Sul e de Goiás. Geralmente, o engenheiro ocupa o topo da pirâmide das etapas do desenvolvimento de um projeto. Os formados nessa carreira também têm sido bastante requisitados pela indústria médica e por hospitais públicos e privados, onde gerenciam projetos de automação, adaptam softwares aos processos já existentes e programam sistemas de informação e banco de dados. A área de meio ambiente também precisa do profissional, que ajuda grandes indústrias a diminuir desperdícios, a fazer uso racional da água e a reduzir a emissão de poluentes. No setor privado, a Vale (antiga Companhia Vale do Rio Doce) é uma boa empregadora.


O curso
Como em todas as engenharias, nos dois primeiros anos o forte são as aulas de matemática, física, química e muita informática. A partir do terceiro misturam-se as disciplinas de engenharia mecânica, eletrônica e computação. Em mecânica, você estuda termodinâmica e elementos de máquinas. Em eletrônica estão matérias como eletrônica analógica e digital e na área de computação, aulas de estrutura de dados e sistemas de informação. Também há disciplinas integrativas, entre elas projetos de máquinas e integração da manufatura por computador. Nas atividades em laboratório, o aluno aprende a desenvolver, a projetar, a analisar e a controlar máquinas operadas eletronicamente. O estágio é obrigatório. Algumas escolas exigem um projeto de conclusão de curso. Em outras, ainda, essa graduação é oferecida como habilitação de Engenharia Mecânica.


O que você pode fazer

  • Automação comercial e domótica Projetar sistemas automatizados de controle de equipamentos em edifícios comerciais e em residências, como elevadores, iluminação, aparelhos de ar condicionado e eletrodomésticos. 
  • Automação industrial Desenvolver e implantar projetos de automação em indústrias. Manipular robôs industriais. 
  • Bioprocessos Projetar, construir e operar equipamentos empregados nas indústrias de biotecnologia. 
  • Informática Projetar sistemas de informação e bancos de dados. Programar equipamentos automatizados.



Pra galera que pretende fazer mecatrônica, deixo a dica de um vídeo que é um inspiração para qualquer um interessado em robótica. (requer um pouco de conhecimento de inglês OU ultra dedução visual)



Bom, é isso, por hoje é só, amanhã volto com mais das engenharias.

Todo bom engenheiro....

Bem, um bom engenheiro é definido, na minha opinião, por algumas coisas fundamentais que vou citar a seguir:
Todo bom Engenheiro...

Não erra cálculos
 Isso mesmo, se você quer ser um bom engenheiro, não erre, seu erro pode estragar o produto final, seja ela um braço mecânico, um apartamento, um composto químico, um alimento, um robô, ou seja lá o que for que você esteja fazendo.

Erra cálculos
Ok! Pode parecer um paradoxo, mas todos os engenheiros erram todos os cálculos, o que ocorre é que os BONS, minimizam essa margem de erro e a colocam em uma Faixa segura. Por exemplo, vamo dizer que você projete um braço robótico que aguenta 300 Kg, você vai colocar nas especificações dele que ele aguenta 300 Kg ? NÃO, você vai dizer que ele aguenta uns 250~270Kg, sempre vai ter um escroto que vai testar milimétricamente pra saber se o seu projeto é prudente ou não. E isso vale para tudo, nada é perfeito, nada é exato, tudo é aproximado.

Pensa em todas as possibilidades
Nenhum bom engenheiro se limita com o que já tem em mãos, e se você substituísse isso por aquilo? e se trabalhassemos pra reduzir o custo com o mesmo resultado final. Esse é o trabalho de um bom engenheiro.

É NERD
Sim, não tem escapatória! Para ser BOM, BOM MESMO, você precisa se transformar em um nerd, e estudar sem parar. Não fique aflito pensando que você vai ser rejeitado, porque você vai mesmo! E sempre será a partir do momento que você decidir virar "O cara que faz engenharia" . Não precisa também adotar o visual Nerd, com um óculos gigante cabelo lambido e ETC. só precisa estudar.

E para finalizar, todo bom engenheiro...

Assiste The Big Bang Theory!
Tá certo que o único engenheiro que aparece na série é menosprezado porque não têm doutorado, mas não há o que se preocupar nós engenheiros somos FODAS, afinal, o que adianta fazer todos os cálculos e não ter um engenheiro pra construir?

pra finalizar esse post meio inútil, coloco um vídeo muito bom sobre o que nós representamos.

Vídeo para quebrar a rotina.

lera... tou sem idéia e sem saco pra postar alguma coisa produtiva agora de manhã, talvez a tarde, vou falar um pouco sobre cada engenharia. Para todo o pessoal que faz "ciência e tecnologia" e pro pessoal que, assim como eu, tem que passar por um ciclo básico, para só depois, escolher a engenharia, e para isso precisa disputar por notas!

Pensando no inferno que é essa pressão na sua cabeça, com dúvidas sobre qual engenharia escolher ou se você vai ou não entrar nela, que vou postar aos poucos o que cada uma faz, o mercado aqui e no exterior, e essas coisas.

Por enquanto, fique com o vídeo de Hitler na Área II da UFPE, mas antes, segue glossário pra quem não estuda lá:

  • Borelli e Santa Cruz, são professores
  • As turmas de engenharia são divididas em E1,E2,E3...E7!
  • Cavanhaque é um bar
  • Engenharia de Produção é a mais procurada
  • Engenharia Cartográfica, junto com Eng. de Alimentos, é a menos procurada.
  • Seu riva é o coordenador das engenharias, gente boa!
  • "na Nassau" se refere a uma faculdade particular, na qual você é aprovado no vestibular por pisar na calçada deles

Agora sim! Com esse conhecimento prévio você vai entender o vídeo todo!

segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

Dicas - O que você deve trazer do ensino médio.


Salve, Salve todos os estudantes de engenharia, estou aqui para falar mais sobre as aulas e o que você já deveria saber previamente para poder acompanhá-las com rendimento adequado. Com essas dicas, acredito que você não terá dificuldade em acompanhar o curso.

Dica geral: Não serão aceitos erros bestas de fatoração e das operações básicas... se você ainda erra, PRATIQUE! Pegue alguns livros velhos e faça os exercícios deles.

Dicas para Cálculo
Primeiro: Problemas de raciocínio. Sim, ainda terás que enfrentar problemas do tipo, João tem 10 laranjas e pretende vendê-las a fim de obter o maior lucro possível ..... e essas coisas, sendo que muito mais complexas, nas quais terás que, a partir dos dados fornecidos, construir uma função e dela extrair o suco do sabor que o enunciado pede usando as técnicas de derivação que irás aprender.

Segundo: Funções! Elas serão suas aliadas daqui pra frente, e precisarás dominar completamente todas as propriedades dessas "danadinhas", digamos assim.


Física
Em física a gente tem um pequeno probleminha, precisamos saber do assunto de cálculo ao mesmo tempo, e as vezes, o professor de física se adianta e precisa de um assunto que o professor de cálculo não deu ainda, mas nada com o que se preocupar, pois eles estão acostumados com isso e vão dar um jeito pra você não se prejudicar (OU NÃO E VOCÊ TEM QUE APRENDER NA TORA COMO EU)

Geometria Analítica
 Se você acompanha o blog sabe que geometria não é meu forte, eu tive problemas para aprender, talvez por não ter tido nenhuma noção no ensino médio, então, aprenda o máximo de geometria analítica do ensino médio antes de encará-la na Universidade.

Bem, é isso, aguardo os comentários, dúvidas e sugestões!

domingo, 17 de janeiro de 2010

O que você precisa para efetuar a sua matrícula?


Atenção galera, não se esqueçam que já é mais do que hora de começar a recolher os documentos necessários para fazer a sua matrícula, ok? E se você não passar? Claro que vai passar, pensamento positivo. Corra para conseguir seus documentos pois você não vai ter tempo de reuní-los em na semana que separa o resultado do vestibular da matrícula. Fique atento para as seguintes dicas.

  • Xeroque e autentique tudo, não entregue nada original (só o formulário de matrícula)
  • Você que é homem e já completou 18 anos, e ainda não tem o certificado de reservista, xeroque o documento que atesta que você se alistou.
  • Dê entrada logo agora no seu histórico escolar 19 (ficha 19), pois os colégios demoram um pouco para fazê-lo e pode ser que não dê tempo em cima da hora.

Agora, segue a lista de documentos que eu precisei para fazer a minha matrícula na UFPE:

  • Cópia Aut. do Documento de Identidade
  • Cópia Aut. da Certidão de nascimento ou casamento
  • Cópia Aut. do CPF
  • Cópia Aut. do Título de eleitor
  • Cópia Aut. do Comprovante de voto da ultima eleição* (Sim! Aquele papelzinho minúsculo que você jogou fora quando saiu do local de votação!)
  • Cópia Aut. de um Comprovante de Residência (em seu nome, no dos seus pais, ou de responsável mediante comprovação.)
  • Cópia Aut. do Histórico Escolar N°19 (pode ser o original também)
  • Cópia Aut. do Comprovante de Alistamento Militar/Carteira de reservista.(para homens acima de 18 anos)
 no caso dos estudantes ingressantes na UFPE 2010:

  • Ficha de dados cadastrais preenchida - Link para download da ficha
  • Comprovante de depósito em nome da Universidade Federal de Pernambuco, no valor de R$ 7,00 (sete reais), através de depósito no Banco do Brasil, utilizando-se do código identificador nº 15308015233288322 e o número do CPF, referente ao MANUAL ACADÊMICO**.
  • Foto 3x4


Fique atento aos documentos exigidos pela sua Universidade, no ato da matrícula, para não perder sua vaga por irresponsabilidade na hora de levantar os documentos necessários.

*Se você perdeu seu comprovantezinho, procure o cartório eleitoral mais próximo e solicite o seu comprovante de quitação com o serviço eleitoral.
**O manual acadêmico é um livrinho besta, mas que é seu único documento comprovante de matrícula antes da confecção dos comprovantes de matrícula propriamente ditos. com esse manual com seu devido adesivo com seu nome na frente, comprova que você se matriculou na UFPE e assim, podes tirar a carteirinha de estudante da UNE, mesmo se você for da segunda entrada (2010.2).

sábado, 16 de janeiro de 2010

Fundamentos da Física I

Galera, fui colocando uns materiais para download e acabei me esquecendo do livro de física! Passou despercebido, me desculpem. O livro utilizado lá na universidade foi o "Fundamentos da Física - 7ª edição" de Halliday/Resnick/Walker. Um livro muito divertido com uns exemplos muito engraçados, muitas gargalhadas surgem nas aulas de física por causa dos exemplos.

Massssss, como nem tudo são flores, só achei o livro atualizado em inglês. Para aqueles que tem dificuldade em inglês, vou postar a 4ª Edição em português.


Fundamentos da Física - 8ª ED. (Português)
Link gentilmente encontrado e cedido por Arlane Santos via Facebook

  8ª Edição Português
Download(4SHARED)
Chave Mega
LnL2Zjzi9aimMVBpfk2MwHxoUlokTlno0QTqBgoH54g


Fundamentos da Física - 8ª ED. (Inglês)






Fundamentos da Física - 4ª ED (Português)



Aguardo os Comentários, e se alguém achar alguma edição mais nova para download, me passem o link que eu posto aqui no blog.

quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

DICAS - O que fazer enquanto as aulas não começam!

Bom, enquanto vocês estão apreensivos e roendo as unhas pelo resultado do vestibular, deixo aqui as dicas para não morrer de angustia dessa espera infinita.

Filmes

Caramba, filmes são muito bons! Principalmente acompanhado. Então deixo a lista de filmes que recomendo.


  1. O Guia do Mochileiro das Galáxias - comédia muito louca.
  2. Tenacious D - filme muito louco com jack black
  3. O Senhor dos Anéis - sem comentários
  4. Inimigos Públicos - fodão!
  5. Número 9 - Tim burton, é Tim burton.
  6. Wall-e - *-*
  7. Deu a Louca na Chapeuzinho - melhor animação de todas
  8. Ensaio Sobre a Cegueira - muito fodão
  9. A Era do Gelo 3
  10. Clube da Luta [Gabriel]
  11. STAR WARS (Oi influente!!!)


Séries

Séries são bem clichê, mas ainda assim, existem algumas notáveis.

  • THE BIG BANG THEORY - você assiste ela antes, e vai rir quando os professores começarem a falar as coisas que eles falam, SUPER RECOMENDADA PARA TODOS OS ALUNOS DE EXATAS
  • True Blood - apesar de nunca ter assistido 1 episódio completo, escuto muitas recomendações de uma pessoa muito influente (Oi, Influente de novo !!)
  • HOUSE - muito boa para exercitar o raciocínio.
  • Smallville - superman ao estilo Malhação

Animes

Todo bom nerd, assiste animes! Então Recomendo:

  • Death Note - Outro para exercitar sua capacidade de pensar logicamente.
  • Avatar, A Lenda de AANG - apesar de ser um pseudo-anime, é muito legal!
  • NARUTO - Assista até a 5ª temporada e pule para o Shippuuden
Bom, enquanto a faculdade num chega, e eu tou sem assunto pra postar, vou postar algumas coisas legais, não relacionadas a engenharia.

PS.: Sugestões de postagem, deixe um comentário, ou mande um e-mail para engenheironerd@live.com

Biblioteca do CTG - Um bom lugar para ficar

Bom dia galera, hoje venho aqui para falar de um dos locais mais agradáveis (para um nerd pelo menos) da UFPE: A biblioteca do CTG.

A biblioteca é um ótimo local pra estudar, com silencio, ar condicionado, mesas individuais (cabines muito aconchegantes), mesas para grupos, além de salas para grupos de estudo com hora marcada (você reserva 1 dia antes e pode ficar até 4 horas com elas) computadores para navegaçao na internet (30 mins se tiver alguem na espera ou ilimitado se não tiver ninguém) , ou se preferir, bancada para notebooks, com tomadas, sem falar na internet WIFI de ~24 mbps que acredito que seja aumentada este ano para 100 mbps, isso tudo e muito mais, de graça, para qualquer aluno.

Segue descrição oficial do site da biblioteca CTG:

A Biblioteca do CTG está distribuída fisicamente em:

  • hall de entrada, que funciona também como sala de leitura informal;
  • um salão de leitura, com capacidade para 150 usuários;
  • balcão de empréstimos;
  • acervo;
  • 13 (treze) salas de estudo em grupo;
  • 39 (trinta e nove) cabines para estudo individual;
  • 01 (uma) sala de reunião;
  • 01 (uma) sala de vídeo;
  • 01 (uma) sala destinada aos trabalhos de comutação bibliográfica;
  • 01 (uma) sala de pesquisa em bases de dados;
  • 03 (três) salas destinadas aos serviços administrativos. 
 Sim LeU, para de lenga-lenga e diz onde tá essa maravilha....

bem pertinho do nosso "habitat" por trás do predio do CTG.

MAPA - como chegar



clique na imagem pra ampliar




PS.: Gostaria que vocês postassem suas dúvidas aqui, para eu poder responder... aceito tambem sugestões de posts.

quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

Calendário Acadêmico - UFPE 2010


Olá mortais! Venho aqui como prometido para postar o calendário acadêmico - UFPE 2010, vocês receberão uma cópia dele na hora da matrícula, junto com o manual acadêmico, mas já adiantando para vocês deixo aqui a versão em PDF para download


sem mais enrolação, Tchau!

Até o proximo post!

UFPE - Primeiro dia de Aula! - post revisado


Alô Alô a todos os calouros que vão entrar na UFPE em 2010, vocês jovens novatos sabem onde são ministradas as aulas das Engenharias CTG no primeiro período? Onde vocês acham que são? Pela lógica, vocês iriam para o prédio do CTG, certo? Errado! As aulas são no prédio da coordenação da área II, que é um prédio ao lado da prefeitura da cidade universitária, fique tranquilo que vou postar o mapa aqui pra você!

A propósito no próximo post vou colocar o calendário acadêmico que vocês receberão no dia da matricula, ai, caso percam o papel, terão a versão em PDF.

Segue o mapa de onde serão suas aulas de Engenharia CTG no primeiro período.




CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR


aí vocês já sabem, primeiro dia de aula, tem a aula magna no centro de convenções, que se resume ao seguinte: 
  • Um monte de partidos politicos entregando panfletos de filiação
  • O reitor e todos os coordenadores sentados lá na mesa grande, mostrando só o que há de bom na UFPE.
  • Um mestre de cerimônia falando o nome da galera na mesa pra a gente ficar batendo palma.
  •  A menina da UNE defendendo o governo.
  • O presidente do diretório acadêmico falando dos defeitos que não foram mostrados/citados pelo reitor e sua trupe.


No segundo dia, começa sua saga! Prepare suas armas soldado, e rumo ao prédio da Área II. A guerra vai começar pra você também. Seja forte, não desista, continue lendo das dicas do EngenheiroNerd que você se dá bem!





Espero ter ajudado, que a força esteja com vocês!

Geometria Analítica - Livros para Download

Olá a todos, estou aqui novamente para continuar postando os livros para download. Desta vez a situação é tensa! Foi minha pior cadeira desse primeiro período (conforme você pode ver neste post) e eu ficaria feliz se não fossem para vocês!
Bom, é o seguinte, segundo recomendações de um amigo meu, o "tchan" de geometria analítica é estudar a teoria pelo livro STEINBRUCH, mas esse livro não tem muitos exercícios, e pode ser acodido neste ponto pelo livro do PAULO BOULOS. Sendo assim, coloco os 2 aqui para vocês fazerem o download


Geometria Analítica - Um tratamento Vetorial
(CAMARGO, Ivan de / BOULOS, Paulo)

DOWNLOAD 
Chave MEGA
QlXQWg3Iw0YD8Pcmo86x0TuLfNIHebXdFr1XI-U2Y28
(3,30 MB)






Geometria Analítica
(STEINBRUCH, Alfredo / WINTERLE, Paulo)

DOWNLOAD
CHAVE MEGA
Dxw_0Cx3WCNCbN2hzZQWQE2e_GM0803sY-dS8Y-uELA
(21 MB)

Aguardo comentários, e não deixem de visitar, estarei sempre postando novidades e dicas.

terça-feira, 12 de janeiro de 2010

Apostila Introdução ao Desenho Técnico


Olá a todos!

Como prometido venho aqui deixar a apostila da disciplina de introdução ao desenho técnico utilizada nas aulas da Universidade Federal de Pernambuco. Apostila muito boa, com muitos exercícios e vários modelos de peças para serem estudadas. Aborda as perspectivas Cavaleira, Isometria e Mongeano e dá vários conceitos para desenho de curvas e reentrancias. Espero que gostem, segue link pra download

DOWNLOAD (4shared)

Professores que tive, e seus perfis!


Bem, neste tópico venho falar mais sobre a personalidade de cada professor que eu tive, e as artimanhas para ter uma boa convivência com cada um. Primeiramente, deixo claro, que se você gosta de folia em sala de aula, ESQUEÇA ou vá se matricular numa particular. Dentro das aulas que tive, nenhuma virou bagunça. Claro que existem os momentos de descontração, como na aula do ilustríssimo Professor de Cálculo Armando (vice-presidente da Covest e um dos elaboradores da prova de matemática) ou até mesmo nas risadinhas alheias na aula de física por causa da.... humm... digamos DICÇÃO e tambem do engraçado jeito dela se PORTAR da professora sandra¹.

Depois de toda essa conversa, começo o "Tutorial para Cada disciplina."


  • Introdução à Engenharia: muito simples, chegue no auditório, se quiser assista as palestras, se quiser durma ou então converse baixinho para o palestrante não escutar, após a palestra, levante e assine a ata de presença e pronto! E fique muito atento aos avisos de seu riva
  • Introdução ao Desenho: Aula muito divertida, ministrada no meu caso pela professora Livia e a professora Fátima SIMULTANEAMENTE... isso mesmo, eu tinha 2 professoras que davam aulas juntas para a minha turma. A professora Livia Melo têm uma personalidade mais "forte" mas não deixa de ser muito boazinha e ajudar você a terminar seu desenho com as dicas "Spoilers" do que vai cair na prova. Por outro lado, a professora Fátima tem um gênio que eu compararia com minha vó do interior depois de ter tomado um sedativo. Muito paciente  e só não faz a prova pra você porque perceberiam o "traço profissional" na sua prova.
  • Cálculo I: Bom, eu tive aula com o melhor professor da área II (para saber o que é área II veja o post aqui) O exelentíssimo Professor Armando José Pessoa Cavalcanti, muito engraçado, ensina de um jeito irreverente, com alguns exemplos inusitados sobre o assunto (principalmente funções). Mas foi o mais rígido que eu tive, não a ponto de ser carrasco, mas o suficiente para manter a sala disciplinada. Para finalizar deixo aqui uma citação dele: "uma função é uma maquina, que transforma uma coisa em outra, você coloca uma coisa de um lado e esta mesma coisa sai transformada em outra do outro lado, por exemplo essa minha função aqui, transforma cabra em jacaré, eu não vou colocar uma cabra e obter mel-de-engenho do outro lado, só pde sair jacaré não mel-de-engenho."
  • Física I: Aulas ministradas pela Illma. Professora Ph.D Sandra Viana, uma engraçada senhora, que é engraçada sem querer, pois, ao meu ver, ela tem algumas sequelas após ter estudado tanto e feito Ph.D no MIT, com uma maneira engraçada de se vestir e falar, mas não deixa de ser uma boa professora, porém não consegui aprender o que deveria (ver post Física I)
  • Geometria Analítica: Assisti aulas em 2 turmas, primeiramente, e a maior parte, com o professor Tony, um gordinho punk-metal Sidney Magal, que anda de coturno tem uma tatoo de árvore na perna e toma coca-cola sem parar. Escreve bastante, BASTANTE MESMO, ele enchia uns 7 quadros completos nas aulas, além de tudo isso, ele ignora pessoas chatas, como um aluno cujo o nome é Davi não pode ser citado, que fazia perguntas sem parar mesmo já sabendo as respostas de alguma, que cara chato. Depois, na 3ª unidade eu não aguentava mais copiar do professor Tony e fiquei internado 2 dias com tendinite mortal aguda crônica após me recuperar, vi que era melhro assistir aula em outra sala, já que o professor tony não fazia chamada nem passava ata de presença, daí fui assistir as aulas do professor Adriano Pedroza um excelente professor, escreve bem devagarzinho da mesma forma que explica, porém eu estava acostumado com a frenética maneira de ensinar do professor Tony e não me acostumei com o jeito pacato do professor Adriano.
bem, é isso, preparem-se para ouvir muita palestra de engenharia cartgrafica mas não façam cartográfica

vejam o que Pedro de carga pesada diz a respeito de escolher Engenharia Cartográfica







Espero que tenham gostado e comentem!

segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

Introdução ao Desenho Técnico


Sim! Essa cadeira foi a que eu mais gostei dentro do primeiro período, muito legal, você começa a desenhar e vai achando paralelos, e desenhando elipses, usando monstruosamente os esquadros, régua, compasso, e aquele velho "retoque" quando algo não encaixa onde devia, dá uma ajeitadinha pra lá e pra cá, coloca um pouquinho aqui, um pouquinho ali, e poof, o desenho fica bem legal.

Falando sério agora, a disciplina é bem interessante, apesar de estar ultrapassada, pois o CAD é hegemonia dentro dos projetos, mas mesmo assim, a Introdução ao Desenho Técnico é uma cadeira muito boa, você realmente fica com uma noção espacial muito melhor, o que pode te ajudar a fazer o gráfico de uma função de forma mais "legível" na cadeira de cálculo I, ou quem sabe, um esboço melhor das cônicas e quádricas de Geo. Anali. Geometria Analítica.

Por isso deixo aqui minha recomendação da cadeira, e um salve para as professoras Lívia e Fátima que me ajudaram bastante.

Abaixo, deixo dicas para se dar bem na disciplina:
  • NUNCA, eu disse, NUNCA apague as "linhas de construção"
  • Use grafites 0,5mm com pontas HB ou B (não recomendo 2B)
  • Faça sempre traços leves, use seu lado feminino para isso!
  • Se possível, não compre esquadros com réguas, eles são muito "pebas"¹. Recomendo a marca Trident, o jogo de esquadros 60°, 45° e a régua de 30 cm saem por uns 17 reais.
  • Escureça sempre ao final do desenho, e apenas as linhas visíveis no projeto.
  • Sempre faça um esboço antes de começar a peça
  • Fique atento à que tipo de perspectiva e quais lados são pedidos para mostrar nas questões.
Seguindo essas dicas, você consegue tranquilamente passar na disciplina, mas como todas as outras, é preciso fazer exercícios.

PS.: Gosto tanto desta cadeira que vou tentar virar monitor!

1. Peba = expressão pernambucana que significa "Má Qualidade"

Geometria Analítica


Geometria Analítica, pra mim, foi, de longe, a matéria que tive mais dificuldade para passar. Não foi difícil, mas foi chato pra c***lho, meu grande problema foi minha falta de conhecimento prévio da matéria, visto que, no colégio que estudei, nem de longe me lembro de algum professor falando algo parecido. Tenho vagas lembranças de no final do ano de 2008, quando eu estava fazendo cursinho pré-vestibular e já estava cansado de ver todas aquelas coisas para o vestibular, lembro de uma imagem na minha cabeça do professor de matemática seu lunga Aliomar dar algo bem por cima de elipses. Enfim, me lasquei e fui pra final em analítica apesar da maioria dos meu companheiros de curso relatarem que analítica era extremamente fácil, e bla bla bla, e é só pegar as formulas e aplicar e ver o resultado e achar as interseções e aplicar mais formulas e achar pontos e bla bla bla.... Caramba!

Tive calafrios agora lembrando do meu professor escrevendo sem parar durante os 100 minutos das 2 aulas conjugadas que tinha 2 vezes por semana.

Resultado, fui para final, precisando tirar 5.5, mas com esforço consegui, mas sei que ainda vou me arrepender por não ter aprendido quádricas tão bem, mas ainda há tempo para recuperar. Agora só resta me preparar para a irmã mais velha da Geometria Analítica - ALGEBRA LINEAR, mas isso é assunto de outro post.

Depois de passado o trauma e ter estudado bastante para a prova final e ter passado raspando, deixo a dica para vocês se darem bem em Geometria Analítica:

  • NÃO DEIXEM DE COPIAR TUDO, E FAÇAM BASTANTE EXERCÍCIOS, A REPETIÇÃO LEVA A PERFEIÇÃO
  • ASSISTAM QUANDO POSSIVEL AS AULAS DE UM BOM MONITOR, E NÃO TENHAM VERGONHA DELE. ELE É APENAS MAIS UM ALUNO


Depois posto o livro texto de Paulo boulos para download

FUI!


OBS.: para aqueles que estudarão na UFPE deixo a dica do monitor Fábio e seu blog, onde ele coloca a geometria analítica de uma maneira bem fácil, com listas de exercícios com dificuldade gradativa.

Física I



Bom, o que é falar de Física I sem mencionar nosso velho amigo da foto, o que poucos sabem, é que newton não desenvolveu as fórmulas que usamos no ensimo médio com base no que seus amigos imaginários falavam. Para isso, nosso amigo cabeludo desenvolveu todo um cálculo diferencial e integral por trás das fórmulas simples que temos no ensino médio... e qual é o significado de tudo isso para nós mortais estudantes de engenharia? Sim, isso mesmo que você pensou (ou não), nós estudamos cálculo diferencial e integral ao mesmo tempo que física I (pelo menos no meu caso)... Sim, mas o que isso significa na prática para o nosso curso de física I? Na verdade.... hummm... TEM TUDO A VER CARAS-PÁLIDAS! Com o conhecimento de cálculo diferencial e integral, nós conseguimos calcular de forma muito mais prática, e com muito menos dados, aqueles probleminhas de movimentos e forças que abordamos e nos martirizaram no ensimo médio. Sim, física I é muito fácil na minha opinião, a primeira e a segunda prova são bastante fáceis se você praticar um pouco (pouco mesmo). Mas como nem tudo são flores, chega a BOMBA da Fisica I:

Momento Angular



Bom, estava tudo indo muito bem até que a ilustríssima Profª Sandra Viana nos apresenta este novo assunto, nunca antes pensado na minha vida, que seria responsável, pela queda na minha média de 8,7 para 7,5. Talvez isso se deveu graças ao relaxamento natural ao fim do período, com toda aquela pressão pra passar na sua cabeça, afinal, no modelo adotado pela UFPE para as Engenharias do grupo CTG*, é mata mata até o 2° período, depois você escolhe a engenharia (se tiver nota pra isso), e cada nota ruim influencia na escolha da sua Engenharia.
Bom, é só isso que tenho pra falar sobre física I por enquanto. Depois posto os livros para download.

Boa Semana para todos!


* Engenharias pertencentes ao CTG: Engenharia Cartográfica, Engenharia Civil, Engenharia Elétrica - Eletrotécnica, Engenharia Mecânica, Engenharia de Produção, Engenharia Química, Engenharia de Alimentos, Engenharia Elétrica - Eletrônica, Engenharia de Minas, Engenharia de Energia

Cálculo I


É pessoal... chegou o monstro das suas vidas.... esqueçam tudo que vocês aprenderam sobre matemática no ensino médio¹ e comecem a pensar que tudo é possível dentro da matemática.

Não se divide nada por zero ? HAHAHAHA! faça-me o favor de não dizer isto na frente do seu professor de cálculo. No cálculo, tudo é igual a tudo, e nada é igual a nada... ok estou meio budista falando assim, mas é isso mesmo, não é possivel dividir por zero.... Mãsssss, é possivel sim, dividir por algum número tão próximo de zero que ele chega a ser considerado como igual a zero de um ponto de vista mais grosseiro (umas 100 casas descimais), mas diferente de zero a ponto de ser possível de realizar o cálculo. ainda não entendeu? Aguarde, filisofe um pouco e medite, na primeira aula de cálculo você terá aquela sensação de... "Hummmm, é só isso?"

Quer mais uma dica? .... Funções!!! Ahhh... as funções *-* (tom meloso). São como colírio os gráficos que elas formam, mas como tudo na vida tem um porém.... existem algumas muito más, que nos faz perder horas tentando calcular suas integrais, e no final descobrimos que não é possível, com os métodos atuais, calculá-las. Mais um ponto para J. Stewart que colocou-a como exercício sem gabarito no livro ²

Bem, estou tocando muito terror com a cadeira, e ela nem é esse "bicho" todo, eu até achei relativamente fácil esse primeiro cálculo, é possível passar tranquilo por ele, com um pouquinho de responsabilidade, e responsabilidade aqui significa, na prática, exercícios. Isso mesmo, exercícios são a melhor forma de passar tranquilo em Cálculo I, é só estudar todas as situações possíveis, e você aprende. É como uma receita de bolo, você tem a receita, e na prova vem o material, e sua nota vai depender do quão fofinho seu bolo ficar.

Chega de lenga lenga, aqui vai 2 links pra dar uma força a vocês com esta revolução da matemática que é a cadeira de cálculo I



Cálculo Vol.1 5ª Edição
Livro Texto (em PORTUGUÊS)
DOWNLOAD (20 MB)

Apostila de limites e derivadas


DOWNLOAD (700 KB)

1 - NUNCA ESQUEÇAM DO CONCEITO DE FUNÇÕES!

2 - NOS LIVROS DE JAMES STEWART, APENAS HÁ RESPOSTAS DE QUESTÕES PARES OU ÍMPARES, NUNCA TODAS JUNTAS.

domingo, 10 de janeiro de 2010

Introdução à Engenharia (Cadeira)

Olá, venho hoje neste domingo à noite para falar da melhor cadeira do 1° período das Engenharias Unificadas CTG da UFPE... BAZINGA!

Realmente, as aulas de introdução das engenharias que você não tem interesse são chatas bagarai, mas... é um bom local pra cochilar ou jogar joguinhos no celular ou até mesmo resolver exercícios de outras cadeiras. Seu Riva (coordenador) não fica muito satisfeito com isso, mas fazer o que né?

Ok, falando sério agora, a cadeira não possui prova e é determinada sua nota pela sua presença. Todas as aulas de introdução são no auditório do CTG no térreo, Auditório Newton Maia. Essas aulas têm como objetivo expor os campos de pesquisa, trabalho, e ramos de atuação profissional de cada Engenharia CTG, influenciando diretamente na escolha de sua engenharia, todas as aulas são em forma de palestra e são ministradas por profissionais e/ou professores de cada engenharia CTG.

Logo nos primeiros dias, Seu Riva passa uns formulários socio-cultural, para saber mais ou menos o perfil dos alunos de cada turma, a preferência sobre cada Engenharia CTG (lembrando que o questionário nada afeta a escolha de sua engenharia que só é feita pelo portal SIG@ (UFPE DIGITAL) ao final do segundo período. Sendo assim, não se preocupem pois o formulário serve apenas para levantar dados acerca do perfil dos alunos. Nada muito formal!

Depois irei postar mais detalhes sobre as outras cadeiras do curso e os macetes para se dar bem nelas!

sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

Bioma - Área II


Estou aqui para falar do habitat acadêmico dos engenheiros, onde todos passam boa parte da sua vida universitária, no meu caso, o prédio da coordenação da Área II onde todas as disciplinas "básiquinhas" das engenharias estão concentradas,  prepare-se pra estudá-las

  • Física 1, 2, 3, 4
  • Cálculo 1, 2, 3, 4
  • Algebra Linear
  • Geometria Analítica
  • Introdução ao desenho técnico
  • Químicas
  • Física Experimental
  • Estatística
  • Entre outras...
 Você deve estar se perguntando: Porque eu chamei de bioma ?

humm... talvez porque você encontre todos os tipos de "seres" vivos e pensantes (e as vezes não-pensantes) dentro das salas e nos corredores, convivo diáriamente com nerds (muitos deles, incluindo eu), jogadores de futebol perdidos na carreira errada, pessoas com dependência psicológica de drogas como Dominó e Uno, entre outros que prefiro não citar agora.

Estou esquecendo de algo?
... Ahh, sim - As Aulas!

Todo bom engenheiro deve assistir a todas as aulas - repito - TODAS. Por experiência própria não percam nenhuma aula, pois todos os assuntos se interligam e vocês não vão querer ir pra FINAL porque perdeu apenas 1 aula da ultima unidade. Após assistir as aulas com cautela, mesmo que não se entenda tudo, quando chegar em casa, faça exercícios! Podem ser Poucos, 2 ou 3 de cada "situação matemática" e você vai fixar bem o que aprendeu nas aulas, se encontrar dificuldades, vá para as aulas de monitorias e tire sua dúvida com eles, não há motivos para temê-los, eles são meros alunos que só estão com o curso mais adiantado que o seu.

E os professores?

ahh... os professores, cada um com mais PhDs do que o outro alguns arrogantes, outros divertidos, mas lembre-se, eles são seus professores, no ciclo básico eles te ajudam bastante se você for esforçado, mas no profissional... xiii, tente ser amigo deles, e lembrem-se eles não vão te ensinar tudo, porque, quer queira ou não, eles não deixam de ser seus concorrentes no campo profissional... Mas isso é o que "dizem" afinal, eu ainda estou no básico.

Bom, por enquanto é só. Posteriormente posto mais coisas, e detalhes desse primeiro período letivo, disciplinas boas e más no meu ponto de vista.

Fiquem na paz!

PRIMEIRO POST

Olá todos e todas (mesmo que em número infinitesimalmente reduzido), começo esse blog me apresentando, e falando mais ou menos o que eu irei postar e divulgar no mesmo.

Meu nome é Leonardo Pereira, apelidado desde que me entendo por gente de Leu (pronunciado como o passado do verbo ler), estudo engenharia (ainda no ciclo básico) pela Universidade Federal de Pernambuco, e aqui no blog, durante todo esse tempo de curso irei postar as aventuras e desventuras deste curso que para muitos seria melhor descrito como algo próximo de um purgatório.

No momento, estou de férias após o primeiro período letivo que eu comecei em 2009.2 (Agosto/2009) e, graças ao ladrão de provas do enem, só retomo as atividades acadêmicas em Março/2010 pois, a Comissão do vestibular (COVEST), resolveu continuar com a idéia de usar o ENEM para ingresso na UFPE, sendo assim o resultado do enem atrasou. Consequentemente o inicio do ano letivo também. Um salve para o ladrão de provas do Enem!

Ok, Boa semana para todos.